Esqueci minha senha?

História

CENTRO EDUCATIVO INFANTIL PASSIONISTA JOÃO PAULO II

A vinda das irmãs Passionistas para Cascavel foi a pedido do Bispo local que confiou às irmãs a orientação das famílias e, trabalho educativo na Escola Municipal “Atilio Destro,” juntamente com mais cinco outras Escolas e, a atividade evangelizadora própria da Diocese. Este primeiro trabalho se deu no Jardim Itália no ano de 1981.

Em 1982 iniciaram um novo trabalho no loteamento Jardim Gramado. O motivo das irmãs assumirem a missão no Jardim Gramado nesta época foi pela necessidade da população que residia neste local. As famílias eram bastante carentes, por isso, as mães necessitavam trabalhar fora de casa a fim de completar o orçamento familiar, e as crianças não tinham onde ficar, e corriam risco de vida permanecendo sozinhas em casa. Vendo esta realidade as Irmãs Passionistas, resolveram construir uma Creche para atender as crianças carentes de 2 a 6 anos.

A Creche foi inaugurada no dia 23 de fevereiro de 1983, com a presença do Arcebispo D. Armando Círio, Provincial das Irmãs Passionistas Irmã Maria Augusta França, e do Prefeito Municipal Dr. Fidelcino Totentino.

Desde sua inauguração até hoje, as Irmãs Passionistas acolhem e acompanham o processo educativo das crianças, com ternura, carinho e dedicação. Proporcionando todos os cuidados necessários para um bom desenvolvimento físico, mental e psíquico.

Hoje o CEIP João Paulo II, atende em média, acima de 80 crianças em período integral, suprindo suas necessidades básicas de alimentação, higiene e atividades próprias da Educação Infantil, bem como a formação humana e cristã de nossas crianças.

Através de atividades lúdicas e aprendizagem significativa, se enfatiza no dia-a-dia o relacionamento e o respeito: consigo mesmo, com o outro, com a natureza e com Deus, desenvolvendo a autonomia, a responsabilidade e uma convivência saudável e harmônica.

A comunidade atendida é composta de uma população de famílias carentes. Uma parte de invasores de terras onde há o perigo constante da violência, de crianças nas ruas, famílias desagregadas, falta de segurança até nas próprias famílias. Outra parte das crianças atendidas é de pais catadores de papel e moram no terreno de invasão onde não há saneamento básico. Os demais são funcionários de empresas localizadas próximas a Escola e que buscam melhorar sua condição de vida; a maioria das mães trabalha como diarista ou doméstica. A medida salarial dos pais é de um salário mínimo. Outros vivem de bolsa família. Temos ainda pais presidiários e muitos pais separados.

O C.E.I. Passionista João Paulo II, sensível às necessidades que a região apresenta, oferece este espaço seguro, tranquilo e acolhedor. Aqui elas recebem atenção, dedicação e preparação para etapas posteriores de suas vidas. Educar para a vida a felicidade, eis nossa meta educativa. Procuramos integrar os pais na vida escolar, com encontros de formação, reuniões, atendimento personalizado, visitas, para que a família se sinta responsável pela formação de seus filhos e encontre também ela, soluções para as dificuldades existentes tanto na família como na comunidade em que vivem.

Na medida do possível fazemos um trabalho personalizado com as crianças que necessitam, com também com os pais para obtermos melhor resultado visando sempre o desenvolvimento integral de todos.

Delta Tech - Gerenciamento de Conteúdo